article inline adarticle inline ad

Com Revelação e MC Davi confirmados, saiba tudo sobre as baladas da INTERUSP 2019

Falta muito pouco para a INTERUSP 2019 e nós já estamos ansiosos para chegar em Matão. Localizada no centro do estado de São Paulo, o município de 83 mil habitantes vai alocar mais de cinco mil universitários nos jogos deste ano.

Coincidência ou não, o apelido da cidade é “Capital do Corpus Christi”, o mesmo feriado no qual o inter acontece. A explicação é simples: Matão tem uma das, senão a mais tradicional festa de Corpus Christi.

São tapetes de vidro confeccionadas por moradores ocupando as ruas da cidade, uma verdadeira festa. Neste ano, com um toque especial: a InterUSP.

Preparam-se: programação das baladas da INTERUSP

Para animar ainda mais a competição, afinal, não apenas de esporte vive o jovem universitário, teremos atrações nacionalmente conhecidas. Entre elas, o Grupo Revelação.

Além do famoso grupo de pagode, a IUSP vai receber MC Hariel. Sim, galera. Tem café, tem chá, têm jogos e tem muita diversão.

Para completar as atrações, MC Davi vai mandar tchau para os perrecos e os invejosos dos nossos jogos também vão ser mandados embora.

A importância das festas para o esporte universitário

Um evento da magnitude da InterUSP tem seus custos. Não é barato manter serviços esportivos de qualidade – como arbitragem, produção, comunicação, etc.

De acordo com Caio Rossetti, um dos integrantes da Comissão Organizadora da edição de 2019, “a parte esportiva tem um custo muito alto para o caixa da liga e as atléticas que são as responsáveis por manter esse caixa”.

Desta forma, a realização de festas é uma maneira (até então bem sucedida) destes custos não recaírem completamente sobre as atléticas, as quais muitas vezes não possuem tantas condições financeiras.

“As atléticas contratam uma empresa que faz festas durante os jogos, essas festas geram uma renda para a liga e ela é diretamente usada na competição em diversos setores do esportivo, como: contratação de arbitragem, aluguel de campos, demarcação de campo, contratação de fisioterapia para os atletas e outros”, explica Caio.

Em suma, sem as festas, as atléticas teriam de arcar com gastos astronômicos e isso tornaria a realização da InterUSP algo inviável. Caio ainda conclui que “além dessa importância, as festas também são meios de integração entre as nove faculdades participantes”.

Conheça um pouco mais sobre a cidade de Matão:

  • 305km de distância da cidade de São Paulo;
  • Fundada em 25 de março de 1895 (124 anos);
  • 82.900 habitantes (IBGE 2016)
  • Um rio (São Lourenço)

INTERUSP 2019

Faça as suas apostas para a INTERUSP 2019 no Chute da BEAT!

Crédito Foto de Capa: Acervo InterUSP