article inline adarticle inline ad

A titia BEAT te explica quais são os tipos de atleta, o que é atleta amador, o profissional e o de rendimento e suas diferenças

É normal confundir e não saber a diferença entre os tipos de atletas. Principalmente para quem é atleta universitário, que pode sempre achar que se enquadra na categoria amador.

Mas o limite entre um e outro é bem sutil, por isso vale a pena dar uma conferida nas definições “oficiais”.

Atleta Amador é aquele que pratica esportes por lazer e não tem intenção de obter renda financeira da atividade.

Ou seja, se existe qualquer incentivo material ou alguma remuneração, indireta ou não, o esportista já não se enquadra mais categoria.

Quando isso acontece, o atleta pode ser categorizado como atleta de rendimento não profissional. Nem todo atleta de rendimento é profissional.

Mas atente-se: não estamos falando aqui de dinheiro recebido pela vitória em campeonatos, ein?

Agora, a definição de profissional e não profissional está relacionada com o tipo de atividade exercida pelo atleta perante a Lei do Desporto.

Ele pode ser atleta de rendimento profissional quando recebe remuneração prevista em contrato de trabalho. Ou de atleta de rendimento profissional quando recebe só patrocínios, por exemplo.

Tudo isso de acordo com as definições em lei… Porque no Brasil apenas o futebol segue as exigências quanto se fala sobre contrato de trabalho.

Jogadores de outras modalidades como futsal, vôlei, basquete normalmente não possuem regularização.

Eles recebem remuneração, mas que são incentivos de patrocinadores, então são chamados de profissionais mesmo assim.

Esporte universitário

O esporte universitário além do Brasil: atletas no exterior
Pan Americano: as diferenças do esporte universitário na América