article inline adarticle inline ad

Falta apenas uma semana para o BIFE 2018 e, na edição deste ano, tem integrante nova área: a Filô, diretamente do campus da USP Ribeirão Preto. Saiba mais.

 

Em entrevista para a Revista BEAT e para entrarmos no #ritmodebife, a Diretora Geral de Esportes da Atlética da Filô Ribeirão Preto, Laura Prado, contou um pouco sobre como foi a entrada da nova integrante no BIFE 2018. Além disso, Laura explica também sobre as expectativas da faculdade para esta edição.

A entrada da Filô RP no BIFE

Revista BEAT: Como foi o processo de entrada no BIFE

Laura Prado: O processo de entrada em si foi muito legal e uma experiência muito nova pra todos nós. Fazia muito tempo que não entrávamos em jogos, então a gente entrou muito perdido.
Tivemos muito apoio da C.O no começo e muita paciência desde sempre (risos).  Nós tivemos que abrir mão de muita coisa pra entrar no BIFE, mas está sendo uma ótima experiência.

RB: Desde então, quais são os preparativos da atlética pro campeonato?

Laura: No começo, a galera ficou muito animada. Pensamos em várias maneiras de animar nossos atletas e nossa faculdade. Como pouca gente conhecia o BIFE, nosso maior desafio era trazer o clima BIFE para Ribeirão Preto.
A gente tá muito animado e pensando em várias coisas que podemos ajudar e agregar no BIFE.

RB: Vocês vão competir todas as modalidades? Quantas pessoas pretendem levar?

Laura: Não vamos não. Nosso campus não tem Rugby, não é um esporte popular em Ribeirão Preto. Claro que gostaríamos muito de participar pelo aprendizado, porém pensamos na integridade dos nossos atletas.
O restante nós demos um jeito de fazer os atletas animarem. Estamos na média de 60 a 110 pessoas para o BIFE. A gente espera que levemos um público maior para Casa Branca.

RB: Como você acha que o BIFE pode agregar esportivamente pra sua faculdade?

Laura: Tirando os atletas que jogam pela seleção da LAURP, nenhum dos outros atletas tem contato com a galera de São Paulo ou já participou de um campeonato com um nível esportivo tão grande. É  uma oportunidade da Filô sair da zona de conforto e jogar!

RB: É a primeira vez…. Mas  você acredita que dá para chegar com favoritismo em algumas modalidades? Quais? E os principais rivais?

Laura: Nossa maior torcida está direcionada ao atletismo. Estamos animadíssimos com a competição e sabemos que o nível de competitividade vai ser equivalente ao que a gente treina aqui. Nossos principais rivais são FFCLH, IME e FAU.

Mais sobre o BIFE

O que fica do BIFE? #chupaBEAT
A dica do dia é: aproveite o BIFE como se fosse o último