Entenda o que a cerveja faz no corpo do atleta, por que ela pode ajudar e como consumir de forma moderada e saudável

Beber cerveja ajuda na recuperação do metabolismo hormonal e imunológico depois da prática esportiva, de acordo com estudo da Universidade de Granada, na Espanha.

Além disso, seus componentes também favorecem a prevenção de dores musculares. Por isso, a bebida pode se tornar um grande aliado para quem pratica esporte.

As conclusões foram apresentadas ao Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), segundo o site de notícias da BBC.

Defendida pelo cardiologista e ex-jogador de basquete da seleção espanhola Juan Antonio Corbalán, medalha de prata na Olimpíada de Los Angeles (1984), o estudo foi conduzido em 2 anos.

Quanto consumir de cerveja

O recomendado é o consumo de três doses de 200 ml de cerveja (ou de 20g a 24g de álcool) para homens. Já para as mulheres, é indicado duas para mulheres (10g a 12g) por dia.

O ideal é beber durante as refeições e não antes de praticar exercícios, nem logo depois. Para isso, o intervalo indicado é de duas horas antes ou depois de suar.

Mas apesar disso, os pesquisadores espanhóis afirmam que o consumo nunca deve passar da moderação.

Isso porque o excesso de álcool não se metaboliza e, por isso, pode afetar o sistema nervoso central.

Dicas para atletas

Liberação miosfacial: o que é e por que é bom para o atleta
Cansaço? 10 dicas para ter mais energia no dia a dia