Participação da Atlética da Poli USP na TUSCA 2018 é confirmada

Pela primeira vez, a Atlética Poli-USP chega à Taça Universitária de São Carlos (TUSCA). “Com seu elevado nível esportivo, os ratos prometem dar raça e suor para lutar pela Taça!”, diz comunicado da página oficial do inter. Veja:

A inclusão da entidade no inter aconteceu depois das greves que acabaram cancelando a realização do InterUSP. A fim de conseguir participar de mais um campeonato, a Poli decidiu aceitar entrar na TUSCA nesse ano.

E não foi a primeira vez que foram convidados. A atlética uspiana já tinha sido convocada em outros anos. Mas, de acordo a presidente Luana Nunes, não tinha dado certo e nunca conseguiram participar.

“No início desse ano eles nos convidaram de novo. Fomos então nos apresentar pra Liga e, depois de ponderar algumas coisas, decidimos aceitar o convite”, revelou.

Num primeiro momento, a participação será única, apenas nessa edição. “Agora estamos como convidadas, mas vai ser uma experiencia nova e vamos ver o que acontece depois”, apontou Luana.

E um dos pontos que foram levados em consideração foi poder colocar todas as modalidades da Poli para participar de pelo menos um inter no 2º semestre.

“Então achamos que vai ser uma experiência muito boa pras nossas equipes. Estamos com as expectativas bem altas, principalmente esportivamente. Estamos muito animados e vamos com tudo!”, completou.

De acordo com Maria Clara Paula de Souza, Diretora Geral de Esportes do CAASO, “além de atingir um público grande de São Paulo, o convite para a Poli procura agregar e aumentar ainda mais o nível esportivo do Tusca”.

E o convite não aconteceu por causa da greve. “Convidamos a Poli junto com as outras atléticas no final de março. Assim como todo ano nós mandamos a carta convite do TUSCA para 20 atléticas aproximadamente”.

Embora convidada, a Poli também participa dos congressos técnicos e podem opinar durante as reuniões. Porém a comissão organizadora é formada apenas pela Federal (UFSCAR) e pela CAASO (USP).

Os atletas também estão animados. Caio Pantarotto, da Natação, afirma: “Tenho certeza que a parte esportiva não deixará a desejar. Conhecemos a força das outras atléticas – principalmente a CAASO, que participou da IUSP nos 2 últimos anos – e sabemos que o título não virá fácil”.

 

Inters 2018

Integramix 2018: em SP, com Med ABC campeã | Revista BEAT
Intercalouros 2018: um gostinho do esporte universitário| Revista BEAT