Por BEAT, Please!

Faz um ano que os Jogos Olímpicos/Paralímpicos se acabaram e deixaram nossos dias com um vazio: foram muitos os recordes quebrados, ouros olímpicos, os shows em quadra, as demonstrações de fairplay e momentos pra lá de emocionantes. Enquanto os atletas das mais diversas delegações se provaram nas arenas do Rio de Janeiro, os atletas universitários continuam passando por provas diárias que poderiam, muito bem, serem provas olímpicas.

 

  1. Achar um espaço de quadra disponível para treinar
    ouro olimpico
  2. Carregar sua mala de treino durante o dia inteiro de aulas e estágio
    ouro olimpico
  3. Conseguir trocar um jogo de final de semana com mil restrições
    ouro olimpico
  4. BÔNUS: conseguir organizar sua agenda de jogos e treinos quando você faz parte de mais de uma modalidade
    ouro olimpico
  5. Conseguir tempo para ver os amigos de fora do time ou para o almoço familiar de domingo, em meio aos jogos
    ouro olimpico
  6. Jogar sem lesão
    ouro olimpico
  7. Melhor, jogar de ressaca
    ouro olimpico
  8. Ir treinar no corujão (horário da madrugada), mesmo com aula ou estágio logo na manhã seguinte
    ouro olimpico
  9. Arranjar dinheiro para pagar a caixinha do time, os kits dos inters e os campeonatos
    ouro olimpico
  10. E não morrer de saudades de tudo isso durante as férias da faculdade
    ouro olimpico