Connect with us

E-Sports

O que é o League of Legends (LOL): guia sobre o jogo

Saiba mais sobre o LOL, um dos jogos mais populares dentro da modalidade dos e-sports

Conhecido como lol, ou “lolzinho” para os íntimos, o jogo “League of Legends” é a modalidade mais popular entre todas competições de E-Sports no Brasil e no mundo.

Ele é responsável por encher as arquibancadas de estádios com fãs que se reúnem para assistir os jogadores profissionais competir em partidas ao vivo.

Então, para não deixar ninguém de fora, resolvemos fazer um guia (espero que didático) para que nosso leitores possam entender melhor sobre o jogo e conseguir ter um ponto de partida para assisti-lo. E, se houver o interesse, até jogá-lo.

O que é o LOL?

League of Legends é um jogo gratuito de estratégia para computador (PC). Nele, uma partida na sua forma mais comum, é disputada entre dois times de 5 jogadores cada (azul ou vermelho). Seu objetivo é destruir o centro da base inimiga.

Para isso, no começo da partida, os jogadores escolhem personagens do universo do jogo, com visuais, habilidades e ataques distintos. 

Depois travam um combate numa espécie de campo de batalha, ou mapa, chamado de “Summoners Rift” (ou “Fenda do Invocador” em português).

Todos os personagens que os jogadores controlam começam a partida fracos. Mas, à medida que matam tropas, defesas ou até personagens inimigos com seus ataques, vão ficando mais fortes. Assim, seguem desbloqueando novas habilidades e ganhando ouro para comprar artefatos com poderes especiais.

Como no futebol existem diferentes funções e posições, como o atacante, zagueiro e etc, no LoL isto também é verdade.

Estas funções são determinadas por qual é o personagem em questão e quais são os personagens de seus companheiros de equipe.

Quando morrem, os personagens dos jogadores não sofrem uma morte definitiva. Eles apenas ficam fora do jogo por um certo período de tempo.

Após este período, o personagem morto renasce dentro de sua respectiva base, com todo o seu poder e artefatos que tinha antes de morrer.

Mapa do League of Legends

Vista superior de Summoners Rift. Créditos: Divulgação

O mapa do LoL consiste de 3 caminhos principais, que ligam as bases adversárias, a selva e o rio. Em seus caminhos principais, há um número de defesas para bloquear o avanço inimigo.

Por eles é onde as ondas de tropas de cada time avançam em direção à base inimiga atacando qualquer coisa que não seja aliada que apareça pela frente.

Desta forma, as ondas de tropas aliadas e inimigas estão sempre batalhando em algum lugar do mapa, com reforços que saem de cada base a cada minuto.

Além disso, na selva contém diversos monstros que podem ser atacados (como as tropas), dando mais poder e ouro para quem os caça.

E por último, há um rio que liga todos os 3 caminhos. Também é nele que se encontra o fosso dos Dragões e o fosso do Barão. Ambos alvos muito fortes que necessitam de mais de um jogador para matá-los.

Também são de extrema importância, pois concedem poderes especiais para o time que os mata. Assim, ajudam no objetivo principal de destruir o centro da base inimiga.

Mecânica do jogo

Um jogo típico progride da seguinte forma:

Os jogadores nascem em suas bases e se posicionam para botarem seus primeiros planos em ação. Após isso, os jogadores tentam ficar próximo da batalha que acontece entre as suas tropas e as tropas inimigas. Dessa forma, tentam matá-las para receber ouro e tentando negar o seu adversário de fazer o mesmo.

Conforme o jogo progride, um jogador pode acabar matando um ou mais personagens adversários. Assim, proporcionam uma janela de tempo para que os times consigam administrar vantagens e ficar mais próximos de destruir o centro inimigo.

Além disso, essas vantagens também podem ser usadas para derrotar o Dragão e/ou o Barão sem que o outro time possa contestar e atrapalhar de maneira significativa, ou as defesas da base inimiga, aproximando o time de sua condição de vitória.

Mas lógico que nenhum jogo acontece dessa forma. Erros, jogadas de efeito, melhor coordenação do time, combos entre habilidades e diversos outros fatores podem influenciar.  Fazendo, então, uma situação vantajosa ser um desastre, ou vice-versa.

Mas é só isso? Não!

Há muito para se falar sobre o jogo, mas pelo menos com esta explicação, é possível começar a buscar mais informações a respeito. Ou pelo menos olhar na TV e começar a entender o que está acontecendo.

O jogo é complexo e contém muita informação, mas crianças de 8-10 anos o jogam. Assim como idosos com mais de 60 anos.

A recomendação da BEAT é que entrem no site do jogo, registrem-se, baixem-no e experimentem por si próprios. Ele é gratuito, tem total suporte para português brasileiro (com vozes super familiares).

E mesmo depois de 7 anos, continua sendo o maior fenômeno de E-Sports da atualidade. No fim das contas, jogá-lo será a melhor explicação.

E-Sports Universitário

E-minas: desafios e conquistas delas nos jogos eletrônicos
Aperte start: E-Sports evoluem no meio universitário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Facebook

More in E-Sports